terça-feira, 30 de abril de 2013

Maternity Do's & Dont's

Semana do Dia da Mãe, parece-me apropriado falar de duas grávidas do momento, que se têm destacado pelo seu estilo (ou falta dele :-P): de um lado Kim Kardashian dos reality, do outro Kate Middleton da Royalty. 

É um bocadinho comparar o que não tem comparação, pois são duas mulheres de estilos e vivências completamente diferentes, mas os seus exemplos podem servir de lição na difícil tarefa de fazer um guarda-roupa de grávida

Kim Kardashian está nitidamente a atravessar um mau bocado a adaptar o seu estilo de diva sexy aos nove meses de gestação. Se há coisa com que não se deve brincar é com a aparência de uma mulher grávida, primeiro porque ela merece respeito, está a fazer das coisas mais importantes da vida que é gerar um filho, e segundo (derivado do primeiro) porque as hormonas ficam ali à solta a fazerem o que bem entenderem a acharem que é preciso com o nosso corpo. A coisa sai bastante fora do nosso controlo, e a gente pensa "Ah... também é só por 9 meses", e depois vem a factura. 
O facto é que a senhora está... como dizê-lo... enorme. Daquelas grávidas em que parece que há ali várias coisas prestes a explodir, coitada... Não ajudam nada, e aí a Miss Kardashian já é responsável, são os vestidos coleantes. Demasiado amplos também não favorecem, mas muito justos põem em evidência partes já por si evidentes. Não há necessidade, Kimmy... 
Mas daqui a um ano ela interna-se e fica óptima e sensualíssima outra vez, até porque de cara ela continua bonita. Força aí, miúda!



Kate Middleton, por seu lado, é daquelas grávidas abençoadas, em que só lhe cresce a barriga (agora sim, cresceu!), e de resto está tudo como o costume. Que porte, que elegância tem esta mulher, não seria melhor se tivesse convivido com Lady Di herself. 
Nem todas nós podemos almejar uma gravidez nestas condições, parece que só mesmo para privilegiadas, mas podemos sim copiar o estilo pré-mamã sóbrio e feminino da Duquesa. Às vezes acho-o um bocadinho austero, por isso sou de acordo que a Kate use modelos bastante curtos (e criticados), porque lhe conferem alguma da jovialidade que ela tem, e quem me dera a mim aquelas pernocas. :-P
Para quebrar tanto clássico, usaria ali uma ou outra peça mais descontraída, e provavelmente ela também gostaria, mas as suas funções não lho permitem. 
Aprovadíssima, Kate! Falta pouco!

2 comentários:

Márcia Leite disse...

Tens a brega (Kim) e a chique (Kate), não dá mesmo para comparar!

Berta Balinho Moreira disse...

Mesmo... :-P